Início » Secretaria da Mulher reforça direito das gestantes por meio da Lei do Acompanhante

Secretaria da Mulher reforça direito das gestantes por meio da Lei do Acompanhante

by Prefeitura de Poá

Lei nº 11.108/2005 garante direitos das gestantes durante o parto com objetivo principal de diminuir violência obstétrica

A Secretaria da Mulher reforça a população, que a Lei do Acompanhante (nº 11.108/2005), garante o direito das gestantes terem um acompanhante, durante o trabalho de parto, o parto e o pós-parto imediato, nos hospitais do Sistema Único de Saúde (SUS) e em hospitais particulares que prestam serviços pelo SUS.

A lei contribui para melhorar a qualidade de assistência ao parto, assegurando a parturiente o direito de contar com um suporte emocional e físico, visando diminuir também os incidentes de violência ao seu corpo e processos reprodutivos, seja durante parto normal ou cesariana.

A determinação afirma que o acompanhante será indicado pela gestante, podendo ser o pai do bebê, o companheiro da puérpera, um amigo ou familiar, ou alguém de sua escolha. A pessoa escolhida tem o direito de permanecer ao lado da gestante durante todo o período de internação e pode acompanhar todas as etapas do processo de parto, desde a admissão até a alta hospitalar.

“Garantir o apoio e a segurança das mulheres durante todo o processo de parto é fundamental. Esse ato deve ser respeitado pelos hospitais e pela equipe médica responsável pelo atendimento. Cumprindo a lei conseguiremos diminuir cada vez mais os índices de violência durante os partos”, ressaltou a chefe da Pasta, Maria da Graça Chaia Marques.

Foto: Secom – Poá