Início » Colapso: Hospital Guido Guida atende somente urgência e emergência

Colapso: Hospital Guido Guida atende somente urgência e emergência

by Prefeitura de Poá

O Hospital Municipal Guido Guida de Poá está atendendo somente urgência e emergência, desde a última sexta-feira (19/03), quando colapsou, em virtude da alta demanda de pacientes da Covid-19. Os pacientes que apresentam sintomas gripais leves que procuram atendimento no local estão sendo orientados a procurar as Unidades Básicas de Saúde (UBS’s) do município.

De acordo com a secretária de Saúde, Claudia Cristina de Deus, em duas semanas o número de leitos da enfermaria destinados a pacientes da Covid-19 aumentou de cinco para 22 leitos. “Não temos mais como aumentar a quantidade de leitos e esses que utilizamos para ampliar o atendimento de pacientes com coronavírus, foram retirados da ala de atendimento de outras enfermidades”, explicou.

No Porta-Covid, a enfermaria conta com 22 leitos, sendo 11 ocupados após a transferência de 11 pacientes nas últimas 24 horas, além da emergência com dois leitos, todos ocupados. “Nesta segunda-feira (22/03), junto com a prefeita Marcia Bin, participei de uma reunião virtual com o secretário estadual de Desenvolvimento Social, Marco Vinholi, onde cobramos ajuda imediata do Estado e conseguimos a transferência de 11 pacientes. A situação está muito complicada”, afirmou Claudia.

O hospital também apresenta problemas com a falta de alguns medicamentos, insumos de enfermagem e reabastecimento de oxigênio, em virtude dos fornecedores que não estão dando conta de atender a alta demanda junto aos hospitais.

Em relação a ala não Covid, o hospital possui, atualmente, cinco leitos de enfermaria, sendo dois deles ocupados. Já na emergência são mais cinco leitos, sendo que três estão ocupados. “Chegamos ao nosso limite, estamos atendendo somente urgência e emergência justamente por não ter mais como receber pacientes com casos de baixa complexidade”, finalizou a secretária.

REUNIÃO VINHOLI
Nesta segunda-feira (22/03), a prefeita Marcia Bin e a secretária de Saúde, Claudia Cristina de Deus, realizaram uma reunião virtual com o secretário estadual de Desenvolvimento Social, Marco Vinholi, para cobrar ajuda do Governo do Estado e, dentre as solicitações, uma já foi atendida e outra está em estudo. “Solicitamos a transferência de pacientes para ‘desafogar’ o hospital e, ao mesmo tempo, repasse estadual para custeio da unidade. No caso deste pedido, o secretário se comprometeu em estudar para responder o mais rápido possível”, destacou Claudia.

PRONTO ATENDIMENTO INFANTIL
O Pronto Atendimento Infantil continua em pleno funcionamento 24 horas e não foi afetado pelo colapso no atendimento do Hospital Municipal. “Tivemos um problema no último domingo (21/03), quando era para ter dois pediatras no atendimento, mas um não foi trabalhar por estar com suspeita de Covid-19 e o outro por problemas pessoais. Em pouco tempo, conseguimos contornar a situação e tudo voltou ao normal”, esclareceu a secretária. O Pronto Atendimento Infantil funciona 24 horas na rua Marquesa de Santos, 186, no Jardim Medina.

FOTO: Rodrigo Nagafuti – Secom Poá